sexta-feira, 31 de maio de 2013

Hospital cria campanha com a Liga da Justiça para combate ao câncer

Eu, pelo fator de seu um super nerd, me emocionei com essa iniciativa do A.C. Camargo e criar a super fórmula para combater o impacto visual da quimioterapia no tratamento de diversas crianças com câncer. 


Um bat-parabéns para o hospital A.C. Camargo! :)

The Last of Us - Primeiras impressões da demo

A demo do novo game da Naughty Dog já está disponível na PSN para os usuários que adquiriam uma cópia de God of War Ascension.


Como baixar?


Basta acessar seu GoW e escolher a opção "jogar demo de The Last of Us" na tela inicial. Você será direcionado para a tela de download da PSN. 

É um Uncharted com zumbis?

Essa é a primeira pergunta dos fãs da série. Isso porque nas primeiras imagens e vídeos o personagem principal o personagem principal (muito parecido com Nathan Drake de Uncharted) escalava ruínas, matas e atirava em "zumbis". 

Na demonstração é possível ver elementos de Uncharted mas em uma ambientação bem diferente. O game lembra até mesmo Silent Hill, um dos tios mais velhos dos Survivor Horrors atuais.

Detalhes da demo (spoiler)

A demo começa em uma cidade pós-apocalíptica, muitos anos de uma contaminação que mudou algumas pessoas transformando-as em zumbis. Você controla o personagem Joel (que está bem diferente de Drake) em companhia de mais duas pessoas, entre elas a menina Ellie. 


Infelizmente não há puzzle na demo, você apenas anda em meio aos cenários (muito bem projetados) e enfrenta 3 momentos de confronto com as criaturas: uma para habilitar um tutorial do equipamento médico, outra para treinar o modo furtivo e outra para enfrentar um grupo de inimigos tanto furtivamente quanto diretamente. Você pode utilizar nessa demo pistola e ataques corporais.

Os inimigos parecem ter saído do filme "28 days later" (Extermínio no Brasil) e saem correndo socando tudo. Para derrota-los não é preciso apenas tiro na cabeça, mas uma dose de porrada já é suficiente.

Diferente de Uncharted, nesse game você possui uma barra de vida (padrão) e não escala as coisas com Nathan. A demo termina após poucos minutos de jogo, bem curta. Não fiz o teste com o áudio em português.

Veredicto: comprar ou não comprar?


Com certeza, apesar dos zumbis estarem saturados hoje em dia, o game aparentemente carrega uma historia interessante, mecânica, gráficos e audios excelentes. Porém se você esperava o game para poder ter o gostinho de jogar algo parecido com Uncharted pode ser que o game deixe-o na expectativa. Talvez a própria Naughty Dog tenha dificuldades de superar sua própria obra prima.


The Last of Us sai em 14 de Junho e já passou por diversos relançamentos. Desenvolvido pela Naughty Dog (Uncharted e Crash Bandicoot) o game é exclusivo do Playstation 3 e terá audio em português.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Review - Assassin´s Creed 3

Assassins Creed 3 inovou todos os sistemas, incluiu batalhas navais, introduziu novos personagens porém não chegou "lá"... por muito pouco!

Inovação é algo pouco esperado em games que são lançados anualmente por diversas empresas, vide casos como Fifa e Call of Duty que têm muitas vezes deixado os fãs com uma expectativa tão grande que coloca em risco qualquer aceitação à falha aos games.

O mesmo não é diferente com a série Assassin´s Creed, o mesmo não foi diferente com o lançamento de AC3 em 2012: A expectativa era tão alta que, para alguns veículos de imprensa, o game ficou só na promessa. Mas isso é uma falácia, o game inovou e muito... mas ainda assim foi odiado por alguns jornalistas...

Mas vamos ser sinceros, Skyrim (um ótimo jogo), por exemplo, possui defeitos similares à AC3, mas foi aceitável para época (ganhou prêmios até). Talvez só não tenha sofrido tantas críticas pois não sofre com a expectativa dos lançamentos anuais. O game da Ubisoft também exige o máximo dos consoles colocando em cheque qualquer falatório sobre o poder de processamento da atual geração.

Isso é perdoável quando vemos personagens falando e não mexendo a boca, cavalos que não correm quando você aperta o botão de correr, Connor saltando em lugares invisíveis.. ok. Irrita, mas não estraga a experiência.

O que há de errado no game então? Alguns dizem que é Connor e sua falta de carisma que atrapalham o jogo. No game só controlamos Connor depois de algumas horas jogando com seu pai, Haytham Kenway. Mas o grande detalhe da revolta dos fãs é: Connor não é Ezio... e isso deixou muita gente muito triste. Mas vou defender o (burro) personagem: as motivações de Connor apesar de beirarem a falta de carisma (para não falar 'falta de inteligência') são mais profundas e duradouras do que de Ezio em Assassins Creed 2 quando o mesmo vê sua família ser morta e quase não esboça sentimento na sequencia seguinte. Connor em compensação tem uma jornada marcada pelo ódio quando sua mãe morre. No decorrer do game, aos poucos aprende as técnicas de um verdadeiro assassino.

O game aliás vai além! O garoto aprende a liderar pelotões na guerra civil dos EUA (sistema muito melhor que o tower defense de AC Revelations), navega em batalhas navais (um espetáculo à parte), caça (um sistema novo de game casual) e analisa pistas para rastrear inimigos.

Todo os sistemas que deram certo foram melhorados. Até o sistema de escuta do primeiro Assassins Creed voltou e cavalgar tornou-se relevante nesse game! Tudo isso com um sistema que faz chover, fazer sol e até nevar nos cenários, mudando até a jogabilidade! O gráfico e som estão bem trabalhados, o game conta com sistema online estável e vem até com idioma em português.

Até Desmond (o principal de toda a série) ganhou missões próprias com ação e escalada, em uma delas, no Brasil.

Então por que não foi o melhor game do ano? Eu respondo: o final! Mas sem dar muito spoiler o problema do final é que ele divide opiniões. É um final iminente, mas com uma conclusão bem imprecisa. Ora, todos que jogaram a série se depararam com finais mal-resolvidos e com cortes sem sentido. Sempre com ganchos e etc... um erro da série, que permanece.

AC3, assim como os demais games da série, é um game com final meio "brocochó" (como todos da série) porém é um game que inova do começo ao fim. Para quem acompanha a série desde o começo não vai se surpreender com o final aberto e fraco... mas isso podia ter sido melhorado, assim como o resto do game foi :)

Game: Assassins Creed III
Plataforma: PS3, XBox 360, Wii U, PC
Desenvolvedora: Ubisoft
Nota[1-5]: 4,5
O Melhor: O sistema de batalhas navais e as melhorias da série
O Pior: Bugs e final fraco igual aos demais


[ SPOILER ALERT ]
Se todos que estavam na caverna iriam recomeçar a humanidade e só havia uma garota lá dentro a coisa ia ser um tanto ... estranha... não?
[ / SPOILER ALERT ]

sábado, 25 de maio de 2013

Feliz dia da Toalha - 25 de Maio

Estátua do Connor de Assassins Creed 3
com sua toalha na loja Geek
(conjunto nacional)
"A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar.

Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você -estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.


Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem


também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc, etc. Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”.


O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito."

(ADAMS, Douglas, "O guia do Mochileiro da Galaxia", Capítulo 3)

Dia 25 de Maio foi escolhido pelos fãs de Douglas Adams para ser o "Dia da Toalha" como homenagem ao escritor da trilhogia de cinco (?) livros do guia do mochileiro da galaxia. Hoje a data é comemorada como sendo o dia dos Nerds ou dia do orgulho nerd. Nesse dia, os nerds saem nas ruas com suas toalhas e comemoram o seu dia divulgando o número 42 (a resposta do universo - claro que ninguém sabe a pergunta)

Feliz dia da Toalha para todos! Feliz dia do Orgulho Nerd! 42! 

Ranking 31: Os 10 melhores games do Super Nintendo


Ah o Super Nintendo! Um dos videogames mais adorados aqui no Brasil. Junto com o seu rival Mega Drive, o Super Nes iniciou o sucesso das famosas locadoras de games e das casas de jogos onde se pagava pela hora para podermos jogar alguma coisa.

Assim como fizemos a lista das 10 melhores séries de games para o Mega Drive, vamos fazer aqui a lista das 10 melhores séries de games para o Super Nintendo

Como sempre, alguns jogadores poderão sair chateados por não ter o seu jogo preferido escolhido, mas como a lista é pequena, acontece. Para chegar no resultado final, foram olhadas diversas listas espalhadas pela internet de sites como IGN e Game Radar. Também foi olhada seleções de diversos usuários no youtube e nas redes sociais. O resultado é a lista à seguir.

Preparados?


10 - Star Fox


Fox e sua turma animalesca defendiam o mundo de Corneria já com gráficos tridimensionais e simulação cheia de ação no primeiro game da série. O que diferenciava esse dos demais games de simulação de voo e tiro naquela época era que nesse as batalhas possuíam um enredo melhor desenvolvido além de personagens  diferentes e carismáticos.

O game ganhou diversas continuações para os demais consoles da Nintendo e adicionalmente ganhou a presença do próprio Fox na série Smash Bros (game de luta com personagens da Nintendo).

Uma curiosidade é que nenhuma continuação recebeu o título Star Fox "2", sendo substituída para Star Fox "64" em referência ao console Nintendo 64.



9 - Super Mario Kart

Outro precursor de uma série de sequencias que ganhariam muito destaque na Nintendo. Além de ser uma espécie de "Cross Over" de corrida da Nintendo, o game continha elementos que serviu de base para diversos games de corrida.

Algumas funcionalidades do Super Mario Kart era a possibilidade de recolher itens durante as corridas para poder jogar nos demais personagens e um minimapa diferente com miniatura dos personagens.

Nesse primeiro game, além de toda a trupe do Mário também era possível jogar com Donkey Kong Jr.



8 - Super Mario RPG


Com uma dinâmica muito parecida aos games atuais do Mário porém com uma história quase igual, Super Mario RPG inovou pela diversão e andamento da história. Bowser não é o vilão principal do jogo (apenas no começo). No fim, Bowser se une ao grupo para resgatarem a princesa. A série também introduziu dois personagens queridos pelos fãs: Geno e Mallow.

O game foi desenvolvido pela Square antes do sucesso de Final Fantasy VII e fez os fãs de RPG ficarem empolgados com o fato de estarem jogando um RPG com seu mascote preferido.

A jogabilidade e andamento mistura bem as séries Final Fantasy e Chrono trigger e tem como diferencial 


7 - Final Fantasy III / VI

Para muitos Final Fantasy ficou conhecido com Final Fantasy VII do Psone, porém o sucesso de Final Fantasy veio de antes e se iniciou com Final Fantasy III para o Super Nintendo. 

O que poucos sabem é que na realidade, o game é o Final Fantasy III é na cronologia oficial o game VI. Isso ocorreu por que o game precisava seguir a cronologia de lançamento americana.

A jogabilidade de FF VI / III conta com o sistema de batalhas aleatórias em cenários com um sistema de menu. A história se foca nas Espers (summons em outros games) e traz um dos primeiros vilões-carismáticos-odiáveis:  Kefka Pallazzo, uma espécie que palhaço que usa o poder das Espers para proveito próprio.

O game foi relançado para PSone e está disponivel na Ps Store além da Wii Virtual Console. Vale a pena adquirir.



6 - Donkey Kong Country

Criado ainda nos anos 80, no game Jumpman (primeiro game do Mário), o macaco Donkey Kong rapta a princesa Pauline e bota terror na vida do encanador. Águas passadas, Donkey Kong foi morar em uma ilha e juntamente com o seu sobrinho Diddy Kong enfrenta o vilão King K Rool após este roubar seu estoque de bananas.

O game ganhou duas continuações para o Super Nintendo e a trilogia Kong representa hoje um marco dos games plataformas, rivalizando até mesmo em popularidade com o seu rival Mario.

Donkey Kong inovou tanto pela física quanto pelos gráficos que utilizavam modelagem em 3D. O game teve uma recepção muito boa sendo um sucesso de vendas.


5 - Megaman X

Megaman estreiou inicialmente no NES e atraiu muitos fãs, porém quando chegou ao Super Nintendo parecia ter uma fórmula um pouco ultrapassada. Foi quando foi lançado pela Capcom Megaman X, que renovou a estrutura do personagem dando novos poderes, jogabilidades e um plus na história.

Dessa vez, Megaman X tinha um novo inimigo (não mais o cientista Dr Willy) e sim o robô Sigma, uma espécie Brainiac que comanda outros robôs. A evolução também ficou por conta dos poderes absorvidos por Megaman que eram cada vez mais destrutivos.

Também foi introduzido na série o personagem Zero, uma espécie de anti-herói que possuia uma espada a lazer e vivia rivalizando o robô azul.

A série X ganhou mais duas versões para o Super Nintendo e depois para o playstation, porém a primeira ainda é a mais lembrada.


4 - Super Metroid

O jogo é do estilo plataforma, com elementos de ação e aventura. Nele, você controla a heroína Samus Aran, que vai até um planeta recuperar um Metroid roubado pelos Piratas do Espaço. Durante sua aventura, Samus encontrará aperfeiçoamentos para sua armadura ao mesmo tempo em que procura os chefes e seu objetivo final, o Metroid.

O jogo foi o primeiro a conter 24 Megabits no cartucho de Super Nintendo,1 o que foi um avanço na época, com gráficos mais apurados e som de ótima qualidade.

A boa verdade é que o final de Super Metroid revelava a verdadeira face de Samus: uma mulher, que para jogadores desatentos na época não se ligavam nisso.


Hoje Samus está na lista das musas dos games e uma das personagens principais do hall da fama da Nintendo. 

Uma versão HD foi anunciada para Wii U, os fãs agradecem.


3 - Super Mario World - (Super Mario World e Super Mario World 2: Yoshi´s Island)

Como assim Super Mario World não está em primeiro?

Claro que Super Mario Bros (Nintendo) é o grande game da história dos games, porém, diante de tantos lançamentos para o Super Nintendo, a série Super Mario World não foi o que mais se destacou.

Tanto o game Super Mario World quanto Super Mario World 2: Yoshi´s Island (melhor que o primeiro na opinião humilde desse macaco que vos bloga) trouxeram inovações na estrutura do jogo, trazendo mapas, itens, tirando a linearidade do jogo e revolucionando pelos gráficos.


Mario no super nintendo não era apenas um cara que saltava, crescia e às vezes atirava, no SNes Mário podia voar! E não somente isso, podia "cavalgar" sobre um dinossauro (todos adoram dinossauros) que comia os inimigos.


De modo geral o que diferencia o primeiro do segundo é que o segundo Mario é trazido à ilha do Yoshi ainda bebe o que faz com que você controle o dinossauro  (que também pode voar) com o Mário nas costas.

Mas nem mesmo toda essa magia e renovação da série Mario Bros pode derrotar os primeiros da lista... 


2 - Legend Of Zelda - A link to the past

Para alguns especialistas, The Legend of Zelda - A Link to the past é considerado um dos melhores games da história!

Ao contrário de Adventure of Link (para o NES), que se passava anos depois do Zelda original, A Link to the Past se passa antes do jogo original, com ancestrais de Link e Zelda. E os eventos de Ocarina of Time (N64 e 3DS) precedem os de Link to the Past.

Fora mais tarde lançado para o Game Boy Advance em 2002 (junto com o multiplayer desenvolvido pela Capcom, The Legend of Zelda: Four Swords) e para o serviço Virtual Console do Wii no começo de 2007.

É inegável que os fãs de Zelda são os fãs mais fiéis à série e o Super Nintendo foi um dos grandes responsáveis por trazer fãs para as aventuras de Link (ou dos diversos Links) para o universo Zeldiano. Mas ainda assim não foi o melhor game para Super Nintendo....


1 - Chrono Trigger


Como? Sério? Chrono Trigger (lê-se "triguar" e não "traiguer" ok) foi um RPG que trouxe uma estrutura única para os games de RPG de modo geral. Motivos:

Motivo 1: O jogo foi desenvolvido por uma equipe que foi apelidada de Equipe dos Sonhos (The Dream Team): Hironobu Sakaguchi (produtor da série Final Fantasy), Yuji Horii (diretor da série de jogos Dragon Quest), Akira Toriyama (criador de mangás famosos, como Dragon Ball e Dr. Slump), o produtor Kazuhiko Aoki e Nobuo Uematsu (músico de Final Fantasy). 

Motivo 2: Sim, isso mesmo, você leu aí no meio "Akira Toriyama" e "Dragon Ball" - e todo o carisma dos personagens de DB estão na personificação dos personagens de Chrono Trigger. 


Motivo 3: Você também leu Final Fantasy, ou seja, toda a estrutura clássica de RPG e jogabilidade  conhecida de FF. A jogabilidade de Chrono Trigger difere dos RPGs tradicionais trazendo inimigos visíveis no mapa ao invés de encontros aleatórios. Contato com tais inimigos dá início a batalhas que ocorrem diretamente no mapa ao invés de telas de batalha específicas.


Motivo 4: E sim, você leu Nobou Uematsu, "o cara" das melhores trilhas sonoras da história! A trilha sonora de Chrono Trigger rendeu um CD triplo no Japão, tornando-se uma das trilhas de video-games de maior sucesso da história.

Motivo 5: Viagem no tempo em um RPG! Tornando o game complexo e interessante. Eventos do passado que interferem no presente e no futuro!

É um game obrigatório para qualquer fã de RPG. Houve duas versões para PSOne (disponivel atualmente na PSN - podendo ser jogado no seu PS3, PSP e PSVita) e para o Nintendo DS. Todas essas versões trouxeram CG e melhorias no som (em especial para o Nintendo DS).

O game contou com duas continuações, com destaque para Chrono Cross para o Playstation.

Games que mereciam estar na lista
Secret of Mana | Final Fight | Street Fighter II | Battletoads | Super Punch Out | Alladin | Demon´s Crest | Rock in Roll Racing | Megaman 7 | Contra | Killer Instinct | Cold Shadow | Mortal Kombat | Street Fighter Alpha 2 | Bomberman 3 | Kirby | Wild Guns | Biker Mice | Top Gear | F-Zero | Earthbound | Sunset Riders |



Outros rankings do blog

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Web Series - Porta dos fundos "Super Amigos"

E para comemorar o dia da toalha ou dia do orgulho nerd amanhã, um episódio do Porta dos fundos baseado nos Super-Amigos.

Para quem não conhece o pessoal do "Porta dos Fundos" está perdendo uma oportunidade de dar muitas risadas! Em parceria com o site de humor Kibe Loco e a produtora Fondo Filmes, foi criada a Porta dos Fundos. A produtora conta com os atores Antonio Pedro Tabet, Fábio Porchat, Gregório Duvivier, Clarice Falcão, Marcos Veras, Júlia Rabello, Marcus Majella, Gabriel Totoro, Gustavo Chagas, Rafael Infante, Letícia Lima, Luis Lobianco; além de participações especiais. Em 6 meses, a marca de 30 milhões de visualizações no You Tube. Mais do que recomendado!

Episódio: Super Amigos
Nota: 4,0



Episódios Anteriores
Assinem o canal do YouTube deles aqui, vale a pena. 


Outras séries da Web:

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Web series - Nerd of the dead #02 - Boris

Seguindo com a incrível série Nerd of Dead lançada recentemente no You Tube (caso não tenha visto o primeiro episódio clique aqui), o episódio 2 conta como foco Boris!



Nerd of Dead é uma criação da Urubu filmes em parceria com a Asa Delta Filmes, Coyote Produções, Cachalote Fúria e Filmes e Teorema Filme (todas produtoras de filmes) e aproveitando canais como o Omelete (tendo como patrocínio Ubisoft Brasil e outros apoiadores). A história de dois nerds em meio à um apocalipse zumbi.

Episódio:  Nerd of the dead #02 - Boris
Idioma: Português
Nota: 4,5

Episódios anteriores
#01 - Piloto

terça-feira, 21 de maio de 2013

Xbox One anunciado e a largada da nova geração iniciada. Quem saiu na frente?


Anuncio do Xbox One dá início a disputa da nova geração de games. Quem saiu na frente? Tire suas conclusões:



Xbox One
PS4 title=
PlayStation 4
Wii U
Nintendo Wii U
Processador
8-core x86 CPU
8-core x86 CPU
Tri-core IBM PowerPC 1.24Ghz
GPU
AMD powered
Next-gen AMD Radeon, Rodando a1.84 Tflops
AMD Radeon rodando a 550MHz
RAM
8GB
8GB
2GB
Armazenamento
500GB HDD
Desconhecido
8GB-32GB
Drive ótico
Blu-ray
Blu-ray
Proprio
HDMI
In e Out
Out, In desconhecido
Out
Portas
USB 3.0, 802.11n, Direct Connect
USB 3.0, Ethernet, 802.11n, Bluetooth 2.1
USB 2.0x4, 802.11n
Preço
Desconhecido
Desconhecido
$299 - $349
Retro-Compatibilidade
Não
Não
Wii
Lançamento
Segunda tela
Skype
Movimento
Voz
Suporte à 4K
Jogos usados
Rede social

Fim de 2013
Smart Glass
Sim
Kinect 2
Sim
Sim
Pagos
Live


Fim de 2013
PS Vita
Não
Dualshock 4, Ps Eye
Não
Sim
Gratuitos
PSN



Now
Wii Pad 
Não
Wii Mote
Não
Não
Gratuitos
Miiverse



Outros que veem por aí:

Ouya
Lançamento: Junho de 2013
Preço inicial: 99 dólares
Sistema operacional: Android Jelly Bean 4.1
CPU Processador: Tegra quad-core
Capacidade de armazenamento: 8 GB
Memória: 1 GB RAM
Exibição: HDMI 1080p
Controladores: Controle sem fio
Conectividade: USB 2.0
Serviços online: Wi-Fi 802.11 b/g/n Bluetooth LE 4.0

Valve Steam Box - Detalhes oficiais a serem definidos - Game rodará games da rede Steam

NVidia Project Shield  - Detalhes oficiais a serem definidos. Videogame portátil que contará com gráficos e processamentos qualidade NVidia.

Fontes:
http://mashable.com/2013/05/21/xbox-one-vs-ps4/
http://www.forbes.com/sites/davidthier/2013/05/21/first-round-of-xbox-one-vs-ps4-goes-to-microsoft/
http://www.ign.com/wikis/xbox-one/PS4_vs._Xbox_One_Comparison_Chart

domingo, 19 de maio de 2013

Web series - Nerd of the dead #01 - Piloto


A internet tem se mostrado a cada a melhor opção para seleção de conteúdo de qualidade comparada à televisão. É praticamente uma renovação no conteúdo do publico a que se destina o mercado de entretenimento atual.

Nos últimos anos entretanto, faltaram produções e equipes brasileiras que olhassem para isso de forma à ter uma visão diferenciada.

Levando isso em conta e olhando para os nerds loucos e alucinados (eu) por zumbis e suas histórias derivadas (que parecem nunca saturar), a Urubu filmes em parceria com a Asa Delta Filmes, Coyote Produções, Cachalote Fúria e Filmes e Teorema Filme (todas produtoras de filmes) e aproveitando canais como o Omelete lançaram a série Nerd of the Dead, que tem no título uma brincadeira com os títulos famosos de zumbi de Romero como Night of the Living-Dead (Noite dos mortos-vivos),  Dawn of the dead (madrugada dos mortos), Day of the Dead (Dia dos mortos), entre outros.

A produção é bem feita e se você é um nerd de carteirinha como eu, é obrigado a assistir. A série tem uma linguagem atualizada e brinca com os clichês. Recomendado!



Nome original: Nerd of the dead #01 - Piloto
Idioma: Portugues
Nota: 4,5

Episódios Anteriores
#01 - Piloto

Outras séries da Web:
Anima Mundi | Armada de Hogwarts | Fatalities rejeitados em MK | Filmes famosos em 1 minuto | Funny or Die | Interstella 5555 | Iron Man vs Bruce Lee | Kung Fu Bunny | Mortal Kombat Rebirth | Nerd of the DeadPirelli Film Seth Comedy - Cavalcade of Cartoon Comedy | Lost Parody | The LXD | My name is | Mont Python | Pixels NY | OmeleTV |Resident Evil 5 | Street Fighter 4 - Anime | South Park | Suecagem | Super Sentai 5 |Sexy Beijing | Street Fighter - Retrospective | Street Fighter - The Later Years | T-Mobile | Vídeo combos | Vídeo Games Mashups | Dublagem Clássica

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Viajando pelo mundo #66 - Uma jóia brasileira... E argentina

As cataratas do Iguaçu formam as quedas mais bonitas que alguém pode ver. Considerada uma das 7 maravilhas do da natureza, o passeio ao parque das cataratas é digno de replay com certeza.

Por 25 reais, é possível fazer o passeio até as cataratas, porém fica uma dica: pare uma estação antes da final para poder fazer a trilha e sentir um pouco o clima agradável do lugar.

O passeio é passível de "banho", sendo assim, tenha no bolso sua capa de chuva.

O complexo oferece passeio de barco (140 dilmas), arvorismo e outros esportes radicais. Fica a seu critério.

As cataratas do iguaçu fazem fronteira com a Argentina, sendo assim é possível realizar o passeio do outro lado, pegando uma outra estrada.

Essa possivelmente é a jóia mais preciosa que ambos os países compartilham.

É um passeio obrigatório para qualquer brasileiro... e argentino.







segunda-feira, 6 de maio de 2013

Viajando pelo mundo #65 - Compras no Paraguai

Autenticidade, é sua conta em risco

"La garantia soy yo" (a garantia sou eu) diz o velho ditado ironico para as compras no Paraguai. Especificamente em Ciudad Del Este muitas pessoas que visitam Foz do Iguaçu aproveitam a oportunidade para visitar e fazer suas compras.


Turistas, sacoleiros, muambeiros

Temos uma política dura na nossa receita federal, especialmente na fronteira do Paraguai. Particularmente achei Cidade do Leste uma terra sem lei e acredito que, por diversos problemas do tipo, têm se intensificado a checagem das compras.

Não vou detalhar aqui as dicas, até porque diversos blogs já fazem esse papel bem feito.
Recomendo a leitura.

Meu feeling entretanto é que, com um cota tão baixa (US$ 300,00) não sei se vale a pena ir até Foz apenas para fazer compras. Acredito que não muito. São filas, congestionamentos, muvucas na rua e galerias (cuidado com os bolsos) e o risco de comprar algo falsificado.

Para não ser enganado, a dica fica com lojas como Master 10 e Nave para Informática, Sax para perfumes e roupas e Monalisa para os demais (mesmo que com um risco de falsificações).
Aduana brasileira. Congestionamento para ir e fila na
volta para declarar (podendo levar horas). Programe-se!

Paraguai é um lugar complicado e faz parecer nossa 25 de Março uma maravilha. Porém vale a pena para comprar algumas coisas. Alguns produtos de informática tendem a ser muito abaixo do preço normal... mas nem tudo.

Uma dica geral é sempre declarar. Mesmo que ultrapasse e pague as dividas (60%). Além da fiscalização na fronteira, existe uma fiscalização nos aeroportos e estradas. Essas costumam ser mais rígidas e exigem legalidade feita já na fronteira. Se você excedeu o valor mínimo e se declarar (e pagar) estará na legalidade.

No mais, dá para comprar perfumes e roupas quase que tranquilamente. Dificilmente geram problema. (1 perfume, não 10 da mesma marca, claro). A fiscalização é rígida quanto à equipamentos e bebidas. Remédios e armas são passíveis de prisão.

A ponte da amizade possui uma visão muito bonita de ambas as cidades e é possível notar a diferença entre o nosso país e o Paraguai logo na fronteira. Um passeio válido para quem vai para Foz fazer outras coisas.

Só tomem cuidado!


Por-do-sol na ponte da Amizade!
Uma paisagem bonita em meio ao caos da cidade

Comprando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...