segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Video Game Awards 2011

E saiu a lista dos ganhadores do prêmio do Video Game Awards 2011.

O grande ganhador do ano foi Batman Arkham City, que desbancou os exclusivos do X-Box 360 na categoria de melhor game para o console. Outro destaque foi o game Portal 2, que também levou vários prêmios, além de ser o record de indicações.

Na Nintendo, o destaque foi o novo jogo do Zelda, The Legend of Zelda: Skyward Sword, que além de ganhar como melhor game do Wii, levou também como o melhor jogo de sensor de movimento. Mostrando que o recurso de games de movimentos do Wii ainda é capaz de aguentar o tranco competitivo do mercado.

No Playstation o destaque foi o game Uncharted 3, que levou também na categoria de melhor gráfico.

Quem ficou feio foram o novo Assassins Creed Revelations e a promessa e elogiado Gears of War 3, que não levaram nada, apesar dos elogios. Seria a decadência das séries ou porque os outros games foram superiores?

Mas a maior surpresa foi Elder Scrolls V: Skyrim que levou o cobiçado prêmio de melhor jogo do ano! Segundo as críticas espalhadas por aí, merecido.

Vamos aos resultados.

Game do ano
  • The Elder Scrolls V: Skyrim
  • Batman: Arkham City
  • The Legend of Zelda: Skyward Sword
  • Portal 2
  • Uncharted 3: Drake´s Deception

Estúdio do ano
  • Bethesda Game Studio
  • Naughty Dog
  • Rocksteady Studios
  • Valve

Melhor Game de Xbox 360
  • Batman: Arkham City
  • Forza Motosport 4
  • Gears of War 3
  • Portal 2

Melhor Game de PlayStation 3
  • Uncharted 3: Drake´s Deception
  • InFamous 2
  • Killzone 3
  • Little Big Planet 2

Melhor Game de Wii
  • The Legend of Zelda: Skyward Sword
  • Disney´s Epic Mickey
  • Kirby´s Return to Dream Land
  • Lost in Shadow

Melhor Game de PC
  • Portal 2
  • Battlefield 3
  • Minecraft
  • The Witcher 2: Assassin of Kings

Melhor Game de Portátil ou Mobile
  • Super Mario 3D Land
  • Ghost Trick: Phantom Detective
  • Infinity Blade
  • Jetpack Joyride

Melhor Game de Tiro
  • Call of Duty: Modern Warfare 3
  • Battlefield 3
  • Gears of War 3
  • Rage

Melhor Game de Ação e Aventura
  • Batman: Arkham City
  • Assassin's Creed: Revelations
  • The Legend of Zelda: Skyward Sword
  • Uncharted 3: Drake´s Deception

Melhor Game de RPG
  • The Elder Scrolls V: Skyrim
  • Dark Souls
  • Deus Ex: Human Revolution
  • Dragon Age II

Melhor Multiplayer
  • Portal 2
  • Battlefield 3
  • Call of Duty: Modern Warfare 3
  • Gears of War 3

Melhor Game de Esportes Individuais
  • Fight Night Champion
  • Tiger Woods PGA Tour 12: The Masters
  • Top Spin 4
  • Virtua Tennis 4

Melhor Game de Esportes Coletivos
  • NBA 2k12
  • FIFA Soccer 12
  • NHL 12
  • MLB 11: The Show

Melhor Game de Corrida
  • Forza Motosport 4
  • Dirt 3
  • Driver: San Francisco
  • Need for Speed: The Run

Melhor Game de Luta:
  • Mortal Kombat
  • The King of Fighters XIII
  • Marvel Vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds
  • WWE All Stars

Melhor Game com Movimento
  • The Legend of Zelda: Skyward Sword
  • Child of Eden
  • Dance Central 2
  • The Gunstringer

Melhor Game Independente
  • Minecraft
  • Bastion
  • Superbrothers: Sword and Sworcery EP
  • The Binding of Isaac


Melhor Game Adaptado
  • Batman: Arkham City
  • Back to the Future: The Game
  • Captain America: Super Soldier
  • LEGO Star Wars III: The Clone Wars

Melhor Música em Game
  • "Build that Wall (Zia´s Theme)" , Darren Korb - Bastion
  • ''Exile Vilify", The Nacional - Portal 2
  • "I´m Not Calling You a Liar", Florence + The Machine - Dragon Age II
  • "Setting Sail, Coming Home (End Theme)", Darren Korb - Bastion
  • "Want You Gone", Jonathan Coulton - Portal 2

Melhor Trilha Sonora
  • Bastion
  • Batman: Arkham City
  • Deux Ex: Human Revolution
  • Portal 2

Melhor Gráfico
  • Uncharted 3: Drake´s Deception
  • Batman: Arkham City
  • LA Noire
  • Rage

Melhor Performance de Dublador
  • J.K. Simmons como Cave Johnson - Portal 2
  • Mark Hammil como The Jocker - Batman: Arkham City
  • Nolan North como Nathan Drake - Uncharted 3: Drake´s Deception
  • Stephen Merchant como Wheatley - Portal 2

Melhor Performance de Dubladora
  • Ellen McLain como Glados - Portal 2
  • Claudia Black como Chloe Frazer - Uncharted 3: Drake´s Deception
  • Emily Rose como Elena Fisher - Uncharted 3: Drake´s Deception
  • Tara Strong como Harley Quinn - Batman: Arkham City

Melhor Game de Download
  • Bastion
  • Insanely Twisted Shadow Planet
  • Stacking
  • Trenched

Melhor DLC
  • Portal 2 Peer Review
  • Fallout: New Vegas - Old World Blues
  • Mass Effect 2: Arrival
  • Mortal Kombat: Freddy Krueger

Personagem do Ano
  • Coringa (Batman: Arkham City)
  • Nathan Drake (Uncharted 3: Drake’s Deception)
  • Marcus Fenix (Gears of War 3)
  • Wheatley (Portal 2)

Game mais esperado
  • Mass Effect 3
  • Bioshock: Infinite
  • Diablo III
  • Halo 4
  • The Last Guardian

Premiações Gerais
Especiais

Conquista do Futuro: Melhores do ano
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007

Omelhor (Site Omelete)
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004 | 2003 | 2002 | 2001

Games

BAFTA
Melhores de: 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006

Spike Video Game Awards
Melhores de: 2010 | 2009 |

Game Developers Choice Awards
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004 | 2003 | 2002 | 2001| 2000


Cinema e televisão

Oscar
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 |

sábado, 26 de novembro de 2011

Um mundo todo estranho sobre vídeo games

O blog esta em seu momento de parada. Infelizmente o blogueiro aqui teve que dar uma pausa para poder se dedicar ao trabalho e à vida corrida.

Mas enquanto o blog não volta à ativa, recomendo a leitura da Mundo Estranho 118, que saiu nessa semana.

Utilizando o formato padrão da revista, toda a revista foi tomada por um único tema: Games!

E o conteúdo está excelente. Desde o mapa de Hyrule, Duelo entre X-box, PS3 e Wii, retrato falado do Bowser, a revista parte para uma série de perguntas e respostas que mostram do mercado de games e de detalhes sobre a produção de alguns jogos.

Excelente!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Steve Jobs!

Hoje morreu o grande empresário Steve Jobs! A comunidade de TI lamenta essa perda do homem que influenciou diretamente a história da microinformática nesse planeta.

Dispensando apresentações, Jobs iniciou seu trabalho à frente da criação dos primeiros computadores pessoais e em projetos como o videogame Atari e as animações Pixar. Na última década foi responsável pela popularização do conceito de Smartphone com o Iphone também de sua empresa.

O mundo sentirá falta.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

20 anos trabalhando na Nintendo

Prêmio conquistado por se trabalhar 20 anos na Nintendo: um Mario de ouro. Sua empresa pode fazer o mesmo, não? leia na íntegra aqui.

Via garotasNerds

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Babu 16 Bits - #07 - Lugares errados no cinema...



Babu 16 Bits - #06 - Herói para impor respeito...


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Babu 16 Bits - #05 - Lanterna Travesti


E você ta pensando besteira né seu preconceituoso, olha como tá um l-u-x-o esse cabelo!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Com vocês... as Jaguatiricas do Cerrado


.. ou como diria o Kibeloco: mistura de Spice Girls com Power Ranges e novelas da Globo... Triste Triste!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Babu 16 Bits - #04 - Quem matou a Norma na novela das 8?



domingo, 14 de agosto de 2011

Babu 16 Bits - #03 - 3 Maneiras de não platinar um jogo...

Não entendeu? Clique aqui

Ranking 29: Os games mais fáceis de platinar no PS3

A rede PSN, assim como a Xbox live, para classificar seus usuários costuma mensura-los através de troféus (no x-box achivements) . Para conquistar o troféu, basta descobrir todos os mistérios do jogo, terminar em diversos modos e outras missões sugeridas pelo game.

Isso até gerou uma expressão chamada "trophy catcher", que é o indivíduo que passa horas na frente do jogo pegando troféu. O melhor de todos os troféus entretanto é o famoso "platina", que virou até verbo: "quantos jogos você platinou?"

Navegando na internet, é possível encontrar os games mais fáceis de se platinar. Com uma busca em diversos blogs (deixei os links no final) montei aqui a lista dos 5 games mais fáceis e mais difícieis de platinar!

Boa sorte!

Mas fáceis de platinar

5° lugar - Sonic's Ultimate Genesis Collection

Esse game reune diversos títulos do megadrive num único disco do play. O que torna o game fácil de platinar é o fato do jogo permitir todos os cheats da versão original, o que faz com que se termine o jogo com invencibilidade, pulando de fase e etc. Pelo menos é uma das platinas mais legais de conquistar.


4° lugar - Hannah Montana The Movie

Esse esta na lista dos games mais fáceis de se platinar em todos os blogs. Só tem um único problema: a não ser que você seja uma menina, como você vai explicar para seus amigos que você passou algumas horas jogando isso? Pense bem, certas platinas podem não valer a pena.


3° lugar - Disney's Up

Esse estava na dúvida de várias pessoas uma vez que compartilhava da mesma facilidade que vários outros games da Disney e da Dreamworks. Talvez há a facilidade por ser um game infantil. De qualquer forma, para quem gosta da animação, o game pode ser uma boa pedida.



2° lugar - WWE: Legends of Wrestlemania

Esse está longe de ser um dos meus games favoritos de luta. Não pela jogabilidade travada, as falas sem sincronia ou os gráficos simples, mas sim porque não gosto de games de WWE. Mas para quem gosta e quer passar algumas horas a mais nesse jogo vale a pena.

Comentário maldoso: o gordão do vídeo parece o Ronaldo, o fenômeno...

1° lugar - Terminator: Salvation

Eis o game mais fácil de platinar! A cada missão, o game te dá um troféu de ouro. O game consiste em apenas 12 troféus, sendo 1 de platina e o outro de ouro. Considerado por todos os players "ridículo" de se platinar. Para quem não tem nada, vale a pedida, mas cuidado, os reviews do jogo não são nada bons. Em outras palavras, passará horas com muita raiva...


Links - 1, 2, 3, 4

Outros rankings do blog

sábado, 13 de agosto de 2011

Web Games #16 - Street Chaves

Quem não se lembra desse game que surgiu em 2003? Na época o mercado de games de luta estava bem fraco e juntamente com a onda Mugen, surgiu esse game muito infâme do chaves.

Nele, personagens da série incorporam personagens do mundo dos games e, em uma luta frenética, partem para o combate! Chaves encarna Terry Bogard de Fatal Fury, Dona Florinda encarna a Chunli e o Jaiminho, M Bison. Imperdível!


Nome original:
Street Chaves (versão 1.5)
Idioma: Português
Categoria: Luta
Pontos fortes: Originalidade e diversão
Pontos fracos: Não ser oficial e ter parado na versão 1.5
Nota:4,5
Link:
http://street-chaves.softonic.com.br/download

Babu 16 Bits - #02 - Um gesto de respeito...

Né?

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Babu 16 Bits - #01 - A revolta do Aranha


Não entendeu? Clique aqui e aqui.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Review - Mortal Kombat 9 - O que deveria ter sido há 15 anos atrás

O que deveria ter sido feito...

Cronologicamente a série MK teve diversos altos e baixos. Em 92 o primeiro game inovou muito trazendo golpes violentos, fatalities, sangue, easter eggs e um sistema de luta muito interessante. O auge da série entretanto veio em 93, com o game MK II, incluindo diversos personagens secretos, novos fatalities e cenários muito interessantes. E de 95 à 96 a série sofreu diversas versões MK3 incluindo as versões "Trilogy". Essa tinha sido a era de ouro de MK.

A partir desse momento a série começou a decair e os desenvolvedores não sabiam mais o que fazer. A solução adotada então: Gráficos poligonais! Os fãs dos jogos em 2D começaram a torcer o nariz.

A versão 3D era ruim?

De modo geral não. Os gráficos eram bonitos, os fatalities interessantes e os modos alternativos como fases adicionais ajudavam a entendermos melhor a história. O problema foi que os piores problemas da série ocorreram nessa época: estilos de luta diferentes por personagem, jogabilidade de alguns personagens, cenários esquisitos (lembram da praia onde os coqueiros viravam serpentes?) e os piores personagens da série: Shujinko, Meat entre outros..

A série tentou se aventurar no universo dos games de aventura (Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero (1997), Mortal Kombat: Special Forces (2000) e Mortal Kombat: Shaolin Monks (2005)) mas todos eles foram um tanto... estranhos.

O que fazer para melhorar?

Surgiu então a idéia do Crossover, e nessa história veio MK 8 Mk vs DC Comics. O game agradou mas ainda não emplacou. O jogo se envolveu em uma série de polêmicas incluindo o fatality proibido do Coringa.

Sendo assim, a série foi para o buraco. A Middway faliu e foi comprada pela Warner...

Com o sucesso de Street Fighter 4, Ed Boom, criador da série, decidiu "ter" a mesma idéia: vamos voltar a origem.

Game 2D com gráfico 3D e algo a mais

Assim surge MK 9, talvez o segundo melhor Mortal Kombat de todos os tempos. E o melhor: junta em uma única panela o melhor de cada série: Story Mode com lutas dinâmicas no estilo clássico de MK, o modo Krypta, partidas Tag Battle, textos em português (estranhos, mas ok), alguns golpes com armas e novos (finalmente) fatalities!

O game tem uma jogabilidade que consegue mixar todos os games, incluindo golpes novos e antigos num sistema muito prático. Além do mais, os usuários do PS3 poderão jogar com Kratos, personagem principal de God of War - uma grande surpresa.

A história entretanto é um tanto, confusa, apesar de aceitável: O Raiden do futuro, vendo a destruição da humanidade, manda uma mensagem para o Raiden do passado sobre o futuro, permitindo que ele possa mudar o futuro.

Para contar a história, o game conta com os modos Arcade e Story. Arcade nada mais é do que o sistema comum onde se enfrenta todos os personagens até chegar nos sub-chefes Goro e Shao Khan. O modo Story, por meio de animações tenta recriar um enredo passo a passo dessa nova saga juntamente com lutas entre os personagens, incluindo as versões humanas de Sektor e Cyrax.

O problema... qualquer coisa é motivo de uma luta sangrenta no modo Story. Johnny Cage tenta falar com Sonya e pronto, motivo de briga. Raiden tenta falar com a pobre Sonya e pronto, nova briga. Enfim, nada muito dentro do comum, incluindo os diálogos médios. Ainda assim, o modo é melhor que o Story Mode de Tekken.

Por fim, o game inclui a Torre de Desafios, onde é possível subir nível a nível enfrentando desafios e destravando extras novos.

Vários usuários reclamaram da lentidão do modo online, o que ainda faz o game ficar longe da perfeição nesse modo, mas pelo menos conta com diversos DLCs incluindo Freddy Krueger.

MK 9 supreende por manter o estilo do clássico com os melhores elementos dos demais games. Ponto positivo para o retorno imbatível da série.

Game: Mortal Kombat 9
Plataforma: PS3, XBox
Desenvolvedora: Warner Games
Nota[1-5]: 4,0
Melhor: O segundo melhor MK com vários extras e modos novos
Pior: Modo Story um pouco bobo e online lento

sábado, 16 de abril de 2011

Web Séries - Mortal Kombat Legacy - Ep 1

Após o lançamento do curta MK Rebirth (Mortal Kombat Rebirth), muitos fãs da série MK torceram por um filme ou material extra do mesmo tipo. A Warner Games então iniciou uma web série no mês do lançamento do novo Mortal Kombat.

Nome original: Mortal Kombat Legacy
Idioma: Inglês
Nota: 3,5


E ae, o que acharam?

Outras séries da Web


Anima Mundi Armada de Hogwarts Fatalities rejeitados em MK Filmes famosos em 1 minuto Funny or Die Interstella 5555 Iron Man vs Bruce Lee Kung Fu Bunny Mortal Kombat Legacy Mortal Kombat Rebirth Pirelli Film Seth Comedy - Cavalcade of Cartoon Comedy Lost Parody The LXD My name is Mont Python Pixels NY OmeleTV Resident Evil 5 Street Fighter 4 - Anime South Park Suecagem Super Sentai 5 Sexy Beijing Street Fighter - Retrospective Street Fighter - The Later Years T-Mobile Vídeo combos Vídeo Games Mashups Dublagem Clássica

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Homens-Aranhas da TV!!!


Em outras palavras, o "cartucho de teia é falso"

Piada do Fabio Cantarani

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Lady Gaga Eletrocutada


Por 1 minuto acreditei

Dica do Fernando Chan

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Aviso aos navegantes!

Durante a semana, várias atualizações programadas! XD

terça-feira, 12 de abril de 2011

62º lugar - Max Payne - As maiores personalidades dos games

Série: Max Payne
Produtora: Remedy Entertainment | Rockstar
História Geral: "Max Payne é um jogo eletrônico de tiro em terceira pessoa, no qual o jogador assume o papel do personagem-título, Max Payne.

Quase todo o jogo envolve a utilização do "bullet time" para balear inimigo após inimigo. Os níveis são geralmente simples, com quase nenhuma caça às chaves; no entanto, alguns níveis incorporam elementos de plataforma e quebra-cabeças. No entanto, a ênfase principal do jogo está no tiroteio

Max Payne era um policial que estava se tornando bem sucedido. Tinha se casado, acabou de ter uma filha e via o sonho americano se realizando em sua vida. Tudo acabou no dia em que sua casa foi invadida por viciados pela droga Valquíria enquanto estava no trabalho, e acabam por assassinar sua esposa e sua filha.

Por conta disso Max Payne vai trabalhar no departamento de narcóticos da polícia de Nova York. Tentava encontrar os responsáveis pela droga Valquíria, chamada de V. Enquanto investigava a máfia infiltrado sob disfarce, sua vida se torna um caos quando seu contato na polícia é assassinado e a máfia se volta contra ele. Nesse momento a própria polícia liderada por Jim Bravura passa a persegui-lo como criminoso.

Tentando sobreviver e entender o que estava acontecendo, encontra o russo Vladmir Lem que usa Max Payne para acertar as contas com a máfia em troca de patrociná-lo em sua matança. Procurando respostas acaba por tropeçar com a matadora de aluguel Mona Sax, que leva um tiro na cabeça tentando ajudá-lo."
(texto extraído do wikipédia)

Primeira aparição: Max Payne, 2001
Resultados no Google : 14.500.000
Link no wikipédia: Texto na íntegra
No You Tube: Trailer do Filme



Trívia e Recordes
  • O primeiro game chegou a ganhar um BAFTA e foi bem recebido pela crítica;
  • O game possui 2 partes incluindo uma versão para o portátil GBA;
  • Espera-se a terceira parte para esse ano para PS3, X360 e PC - porém agora produzido pela Rockstar.
  • A nova parte se passará em São Paulo e contará com favelas e novos cenários bem construídos - além do envelhecimento do personagem principal.
  • Em 2008, foi lançado o filme Max Payne, com Mark Wahlberg e Mila Kunis. O filme já não foi tão bem recebido e decepcionou muitos fãs;

Veja a lista completa das maiores personalidades dos games aqui!

Review - Tekken 6 - Após anos, o review do melhor game de luta, pior Beat'n up

Demorei para fazer essa resenha do Tekken pois não havia jogado tempo suficiente esse game. Inicialmente joguei a versão para PSP e depois para Xbox/PS3.

Enfim, temos que olhar Tekken sobre 3 aspectos: portátil, game de luta, beat´n up.

Como portátil, o game funciona, cheio de extras e até com modos de lutas compartilhados a versão do PSP é rápida e divertida, funciona.

Como game luta é um game com gráficos superiores ao antecessor, porém com alguns loadings pesados. Os personagens estão equilibrados e é possível lutar com novos personagens bem elaborados, mas perdeu em alguns aspectos, entre eles processamento e história. Confesso que em alguns momentos quis jogar Tekken 5 desde a belíssima abertura (com a viciante trilha sonora) até os finais.

O game é dividido em modo campanha, online e offline. No offline você desfruta o fight nos modos time attack, survival e etc. No online, entre as partidas rankeadas a lutas simples. Em ambos os modos você consegue aumentar o level do seu personagem e descolar uma grana para trocar as roupas de seu boneco.

Agora o modo campanha...

Para habilitar os finais, troféus e extras do game, será preciso jogar o modo campanha, e esse é o terceiro aspecto da análise: o beat´n up. Que antes era opcional, e em Tekken 6 se tornou obrigatório para conquistar os segredos do game.

O modo é bem feito, com gráficos e jogabilidades interessantes, mas para o tiozinho aqui que joga Tekken desde o primeiro, jogar as fases do beat´n up é "osso"! Repetitivas, com um diálogo fraco nas cutscenes (mesmo respeitando o idioma dos personagens) o game que deveria ser extra é fundamental se você quiser evoluir no game.

O modo até auxilia a entender melhor a história do jogo, mas que sinceramente está inferior a todas as demais: um monstro egípcio é o vilão...

Fica a escolha, a melhor versão do game é a do PSP, mas se quer jogar em casa com os amigos, ainda escolha a versão caseira, afinal de contas, as lutas estão bem equilibradas.... só tenha paciência com o beat´n up, vai precisar.

Game: Tekken 6
Plataforma: PSP, PS3, XBox
Desenvolvedora: Namco Bandai
Nota[1-5]: 3,5
Melhor: O jogo de luta por si só
Pior: História e Beat n up

sábado, 9 de abril de 2011

Review - Angry Birds Rio


Prepare-se para inovações (quase) interessantes

Quando o primeiro Angry Birds foi lançado, os jogadores casuais de portáteis foram supreendidos por uma legião de fãs "angrybirdsmaníacos" que haviam descobertos no game um novo ícone pop do entreterimento.

Tanto pudera que o game ganhou versões comemorativas (halloween e seasons), cópias indiscretas (angry farm para blackberry) e até pacotes de expansão para download.

Não demoraria muito para uma nova versão surgir, mas ao contrário do que muitos esperavam, a continuação não foi um "Angry Birds 2" e sim uma versão comemorativa a um filme, "Rio".

Em uma parceria com a Fox, a Rovio lançou no mês de Março (2011) a versão mais nova do game de sucesso, ambientada no cenário do mais novo filme do diretor brazuca Carlos Saldanha (de "A Era do Gelo").

Jogadas de Marketing a parte, nos primeiros 10 dias, o game teve cerca de 10 milhões de downloads na Android Store. Muita inovação ou somente Mark
eting?

Baseando que o game já possui uma marca forte (afinal de contas, terá até desenho animado nesse ano) e que o novo filme já possui vários curiosos-fãs, muitas pessoas estavam interessadas no novo game por si só.

As maiores inovações são sonoras e gráficas: saem os porcos (finalmente) e entram os pássaros e macacos. Ao instalar o jogo, o usuário possui acesso a somente duas partes de fases (as demais estarão disponíveis ao longo do ano). Na primeira fase, o objetivo é resgatar os pássaros de suas gaiolas: e atenção para a primeira inovação!

Na fase (animadas agora) os pássaros voam, lâmpadas atrapalham o caminho e novos objetos dificultam o acesso aos "crashs" possíveis.

Na segunda fase, o objetivo são atingir macacos, que gritam e se mexem quando algo está errado! Além de novos obstáculos como coqueiros e cipós.

Mas fora isso, a jogabilidade ainda é a mesma, com um agravante:
usuários de aparelhos com pouco processamento terão nervos com a lentidão do cenário e das ações. Os pássaros ainda são os mesmos e o tão esperado "escolha o pássaro que quiser", ainda não veio.

A versão Rio trouxe grandes inovações gráficas e novos desafios (empaquei na 2-14), mas ainda segue a mesma lógica. Quem sabe na versão 2 não é?

Game: Angry Birds Rio
Plataforma: Apple, Android
Desenvolvedora: Rovio
Nota[1-5]: 3,5
Melhor: Melhoria dos gráficos, som e história
Pior: Quem tem aparelho menos parrudo, vai sofrer

terça-feira, 5 de abril de 2011

Premiações de 2010

Você que não acompanhou todas as premiações sobre o ano de 2010 não se preocupe, aqui embaixo você vai conferir as principais delas! :D


Premiações Gerais
Especiais

Conquista do Futuro: Melhores do ano
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007

Omelhor (Site Omelete)
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004 | 2003 | 2002 | 2001

Games

BAFTA
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006

Spike Video Game Awards
Melhores de: 2010 | 2009 |

Game Developers Choice Awards
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004 | 2003 | 2002 | 2001 | 2000


Cinema e televisão

Oscar
Melhores de: 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 |

Problemas de Agenda

Ola meu povo, sei como é chato você acessar o blog e encontrar a mesma postagem de mais de 1 mês atrás. Odeio isso tbm!

Algumas mudanças na minha agenda me obrigaram a abandonar o blog por algum tempo! Aos poucos as coisas vão normalizando! Até lá espero que continuem acessando as informações de outros meses do blog, enquanto posto as novidades aos poucos!

Qualquer coisa, me sigam no Twitter (@fernandobabu), sempre com as doideras nerds da atualidade! Prometo ser mais fiel aos que acessam o blog nos próximos meses :D

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

E o oscar vai para...

Melhor filme

Melhor diretor

Melhor ator

Melhor atriz

Melhor ator coadjuvante

Melhor atriz coadjuvante

Melhor roteiro original

Melhor roteiro adaptado

Melhor longa animado

Melhor filme em lingua estrangeira

Melhor direção de arte

Melhor fotografia

Melhores efeitos visuais

Melhor figurino

Melhor montagem

Melhor maquiagem

Melhor documentário

Melhor documentário em curta-metragem

  • Strangers no More

Melhor curta-metragem

  • God of Love

Melhor animação em curta-metragem

  • The Lost Thing

Melhor trilha sonora

Melhor canção original

Melhor edição de som

Melhor mixagem de som

Fonte: Omelete

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...