sábado, 9 de abril de 2011

Review - Angry Birds Rio


Prepare-se para inovações (quase) interessantes

Quando o primeiro Angry Birds foi lançado, os jogadores casuais de portáteis foram supreendidos por uma legião de fãs "angrybirdsmaníacos" que haviam descobertos no game um novo ícone pop do entreterimento.

Tanto pudera que o game ganhou versões comemorativas (halloween e seasons), cópias indiscretas (angry farm para blackberry) e até pacotes de expansão para download.

Não demoraria muito para uma nova versão surgir, mas ao contrário do que muitos esperavam, a continuação não foi um "Angry Birds 2" e sim uma versão comemorativa a um filme, "Rio".

Em uma parceria com a Fox, a Rovio lançou no mês de Março (2011) a versão mais nova do game de sucesso, ambientada no cenário do mais novo filme do diretor brazuca Carlos Saldanha (de "A Era do Gelo").

Jogadas de Marketing a parte, nos primeiros 10 dias, o game teve cerca de 10 milhões de downloads na Android Store. Muita inovação ou somente Mark
eting?

Baseando que o game já possui uma marca forte (afinal de contas, terá até desenho animado nesse ano) e que o novo filme já possui vários curiosos-fãs, muitas pessoas estavam interessadas no novo game por si só.

As maiores inovações são sonoras e gráficas: saem os porcos (finalmente) e entram os pássaros e macacos. Ao instalar o jogo, o usuário possui acesso a somente duas partes de fases (as demais estarão disponíveis ao longo do ano). Na primeira fase, o objetivo é resgatar os pássaros de suas gaiolas: e atenção para a primeira inovação!

Na fase (animadas agora) os pássaros voam, lâmpadas atrapalham o caminho e novos objetos dificultam o acesso aos "crashs" possíveis.

Na segunda fase, o objetivo são atingir macacos, que gritam e se mexem quando algo está errado! Além de novos obstáculos como coqueiros e cipós.

Mas fora isso, a jogabilidade ainda é a mesma, com um agravante:
usuários de aparelhos com pouco processamento terão nervos com a lentidão do cenário e das ações. Os pássaros ainda são os mesmos e o tão esperado "escolha o pássaro que quiser", ainda não veio.

A versão Rio trouxe grandes inovações gráficas e novos desafios (empaquei na 2-14), mas ainda segue a mesma lógica. Quem sabe na versão 2 não é?

Game: Angry Birds Rio
Plataforma: Apple, Android
Desenvolvedora: Rovio
Nota[1-5]: 3,5
Melhor: Melhoria dos gráficos, som e história
Pior: Quem tem aparelho menos parrudo, vai sofrer

2 comentários:

Daniel disse...

Jogo viciante!!!!

Pow, Babu, a plataforma do iPhone é iOS e não Apple. rs

Fernando Jácomo disse...

hahaha eu sei que não é, me referi aos aparelhos da Apple.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...